Categorias

Posts Destaques

22 junho, 2015

Aconselhamento: Ame mais, julgue menos.

Vivemos em uma época onde evangelizamos os evangélicos. Erramos em duas situações diferentes ao mesmo tempo, quando julgamos o que está dentro e não alcançamos o que está lá fora. Sabemos o quanto é difícil servir a Cristo nos dias de hoje, afinal, o mundo nos espera de braços abertos e temos que renunciar a nossa carne e tomar a nossa cruz todos os dias. Se está forte, ore pelo que está fraco.


Pare pra pensar um pouco e independente da situação coloque-se no lugar dele, ensine com amor e ore pra que Deus o transforme. Vamos nos preocupar com os que estão lá fora, perdidos no mundo e cegos pelo pecado. Exerça melhor o seu papel como Cristão e deixe que as pessoas possam ver o amor de Cristo através da sua vida. Quando apontamos um dedo para alguém, três estão apontados para nós. Se Jesus é o meu advogado porque eu vou ser o juiz? Infelizmente já pensei dessa forma, julguei pela aparência e me arrependo disso. Tenha mais amor e misericórdia para com seu próximo, seja ele cristão ou não, pois o amor de Cristo é o mesmo por todos nós. Saiba que mesmo fraco Deus pode fortalecer a qualquer momento e isso só vai acontecer ali, nos átrios do Senhor. Se a base está fraca, será você quem vai terminar de derrubar? Não seja tão cruel julgando as pessoas apontando os seus pecados, deixe que vejam que Deus os ama e é Ele quem nos transforma. Muitos não se aproximam do evangelho pela “imagem” que algumas pessoas passam da igreja. Elas precisam se sentir amadas e bem-vindas e são poucos os lugares onde se sentem assim. Deus abomina o pecado, não os pecadores! Não seja mais um pronto para acusar o seu irmão, mas esteja sempre pronto para interceder por ele. 


Quem não ajunta, espalha. (Lucas 11:23)




2 comentários: